Estamos no ano de 1911. O terror reina entre os habitantes da Aldeia do Talasnal. 

Todas as manhãs, há uma vítima mortal estendida nos ladrilhos da Eira, com o corpo manchado de sangue. 

É imperativo que os Aldeões se unam para acabar com esta misteriosa ameaça, antes que a Aldeia perca todos os seus habitantes. 

◆ 

A Aldeia adormece é um objecto que pretende materializar uma série de homenagens.

Ao jogo original, The Werewolves of Miller’s Hollow (2001), criado por Philippe des Pallières e Hervé Marly;

Às Aldeias de Xisto, em particular a Aldeia do Talasnal;

Ao prazer de adquirir e jogar jogos de tabuleiro;

Às pessoas, à amizade, aos encontros e às memórias que as gentes e os objectos carregam;

Ao trabalho colaborativo, onde criativos de diferentes áreas se juntam por um objectivo comum;

À criação de artefactos que enalteçam a produção como um fim em si mesmo e a fisicalidade dos objectos como característica rica de infinitas possibilidades.

Produzido com os melhores materiais,
o jogo existe numa tiragem única e numerada de 500 exemplares.

Impressas em duas cores directas – uma delas uma cor metálica – essas 500 unidades estão divididas em duas versões: 400 para a Edição Simples e 100 para a Edição de Luxo.

edição de luxo

Pensada para os jogadores mais exigentes. Deixa-te encantar pela Insígnia acobreada e pelo suave toque do veludo.

Caixa de madeira, com gravação a laser na tampa e interior aveludado, constituída por: Baralho de 37 cartas 8x12 cm, 1 Insígnia (formato medalha de bronze com revestimento de cobre), 1 Livro de regras, 1 Bloco de notas e 1 Cartaz 90x70 cm

edição simples

Leva o teu jogo dentro da mochila para qualquer lado – esta edição é perfeita para quem não perde um bom jogo, mesmo enquanto viaja.

Caixa de cartão constituída por: Baralho de 37 cartas 8x12 cm, 1 Insígnia (formato crachá) e 1 Livro de regras

São 23 personagens com ilustrações únicas e originais de 23 ilustradores diferentes, distribuídas por 35 cartas
e 1 Insígnia.

A Aldeia adormece é um jogo de bluff, mistério e suspense, manipulação e persuasão, para toda a família.

A partir dos
10 anos
8 a 25
jogadores
Acima de
30 minutos

Cada jogador tem uma identidade secreta: Lobo ou Aldeão. O objectivo dos Lobos é eliminar os restantes jogadores antes que a sua identidade seja revelada. Os Aldeões têm de descobrir quem são os Lobos, escondidos entre si, e eliminá-los antes que seja tarde demais.

Os turnos de jogo alternam entre a noite (quando a Aldeia está a dormir e os Lobos fazem as suas matanças, entre outros acontecimentos) e o dia (em que, numa discussão, toda a Aldeia procura descobrir quem são os Lobos escondidos entre todos). É aqui que o jogo ganha todo o seu sabor, à medida que surgem entre os participantes as mais variadas discussões, desconfianças e argumentos, num animado ambiente à volta da mesa.

Para tornar o jogo ainda mais interessante, alguns Aldeões e Lobos poderão beneficiar de poderes especiais: a Vidente, a Bruxa, o Cupido, o Lobo Alfa, o Lobo Judas, a Raposa, entre outros.

Livro de Regras
Bloco de Notas
Banda Sonora
Cartaz 90x70 cm
Banda sonora disponível brevemente
Descarrega os materiais de apoio para conheceres todas as regras, não perderes nenhum acontecimento ocorrido no jogo e tornares o ambiente realmente sombrio.

Coordenação e grafismo
André do Estaminé
Ilustrações
A Maria MotaAna Types TypeAna VieiraAndré SilvaCarlos Meinedo (Snack Studio)Helena Morais SoaresInês VieiraJoão MoreiraJosé Luís DiasLaro LagostaLídia AzevedoLuís BeloMarta AfonsoMarta RamosOs Suspeitos • Óscar AfonsoPedro MotaRaquel Costa (Little Black Spot)Sara Moreira da CostaThe Royal StudioTiago MachadoXesta StudioYara Kono
Registo de vídeo
Artiks
Edição de vídeo e Motion graphics
Snack Studio
Banda sonora
João Neves
Fotografia
Álvaro Martino e Ana Vieira
Agradecimentos
Foram muitas as pessoas que, à sua maneira e por diversos motivos, contribuíram para que este jogo fosse possível. Para todas elas, o mais sincero agradecimento
Adriana Leites • Afonso Fontoura • Agostinho Ferreira • Agostinho Santos • Álvaro Martino • Ana Areias • Ana Silva Silveira • Ana Vieira • André Ferreira • André Silva • André Silva Santos • Ângela Ribeiro • António Castelo • Beatriz Beato • Bruno Vieira • Carlos Meinedo • Catarina Caminha • Catarina David • Catarina Silva • Clara Nogueira • Cristiana Gouveia • Cristiana Ramos • Cristina Cartaxo • Diogo Ferreira • Dois Dedos de Conversa • Eduardo Rodrigues • Eduardo Romão • Felicidade Cunha • Filipa Mota • Filipe Lacerda • Filipe Ortigão • Francisco Ventura • Gabriela Bento • Helena Morais Soares • Hélio Rebelo • Hilário Vilas Boas • Hugo Moura • Hugo Sousa • Humberto Marques • Inês Correia • Inês Teixeira • Inês Vieira • Isabel Campos • Joana Sousa • João Castro • João Firmino • João Marques • João Moreira • João Neves • João Nogueira • Joel Faria • Jorge Castro • José Lobo • José Luís Dias • Katarina Warren • Lídia Azevedo • Liliana Fontoura • Lucas Brink • Luís Almeida • Luís Belo • Luís Keel • Luís Vieira • Luísa Lima • Mafalda David • Mafalda Leal Moura • Mafalda Magro • Manuel Lopes • Manuel Moreira • Manuel Pureza • Maria Ferreira • Maria Mota • Mariana Teixeira • Marta Afonso • Marta Leal Moura • Marta Ramos • Marta Rothes • Matilde Sanches • Mónica Couto • Nuno Leites • Nuno Loureiro • Nuno Sanches • Orlando Teixeira • Óscar Afonso • Ourivesaria J. Baptista Dias • Palmira Loureiro • Patrick Sousa • Paulo Mariz • Pedro Correia • Pedro Couto • Pedro Hemsworth • Pedro Melo • Pedro Morim • Pedro Mota • Pedro Neves • Pedro Rothes • Rafael Sequeira • Rafael Serra • Rita Pureza • Rui Felício • Salvador Meira • Sandra Ferreira • Sara Moreira da Costa • Simão Castro • Sofia Lemos • Sofia Pinto • Soraia Santos • Teresa Dinis • Teresa Marques • Teresa Negrão • Tiago Machado • Tiago Pereira • Vânia Henriques • Yara Kono